• Andrea Fonseca

12 dicas para ensinar seu filho a tirar as fraldas e usar o vaso sanitário

Os melhores métodos de como tirar a fralda e ensinar a usar o vaso sanitário



A grande maioria de nós, pais não temos certeza de quando ensinar o uso do banheiro ou o famoso "penico" a nossos filhos.

Nem todas as crianças estão prontas na mesma idade, por isso é importante observar os sinais:


1 - parar uma atividade por alguns segundos

2 - agarrar a fralda



A maioria das crianças apresenta esses sinais entre 18 e 24 meses, algumas ante e outras depois. Os meninos geralmente começam mais tarde e demoram mais que as meninas.




Em vez de usar a idade ou sexo para decidir quando, procure outros sinais, como a capacidade de:

  • seguir instruções simples

  • entender palavras sobre o processo de ir usar o toalete

  • controlar os músculos responsáveis pela eliminação

  • expressar verbalmente a necessidade de ir

  • manter a fralda seca por 2 horas ou mais

  • ir ao penico, sentar-se e depois levantar-se

  • abaixar as fraldas, calças ou shorts

  • mostrar interesse em usar o penico ou de usar cueca/calcinha


Quando começar?


Não inicie e nem dê continuidade durante momentos estressantes ou difíceis na vida do seu filho, como por exemplo: ao viajar, perto do nascimento de um irmão, mudança de berço para a cama, mudança de casa ou quando a criança estiver doente (especialmente, se for diarreia). Será sempre melhor e mais efetivo adiá-lo até que o ambiente do seu filho esteja estável e seguro.


Embora alguns especialistas recomendam iniciar o processo durante o verão, porque as crianças usam menos roupas, não se deve esperar se seu filho já estiver pronto, mesmo que isso ocorra no inverno.


Quanto tempo leva?


O processo geralmente leva entre 3 e 6 meses, embora possa levar mais ou menos tempo para algumas crianças.


Importante lembrar que mesmo que seu filho aprenda a passar a pedir para ir ao banheiro, usar o vaso sanitário, até mesmo chegar ao ponto de não fazer xixi na cama por várias noites em seguida, ele ou ela ainda podem ter noites que façam xixi na cama. E este processo pode levar meses e anos para que a criança se ajuste. Inclusive crianças com problemas de bexiga ou de rim, podem chegar até os 14 anos molhando a cama à noite. Então, tenha paciência com seu(sua) filho(a) para não criar um trauma nesta área. Consulte sempre o pediatra ou um especialista para saber qual é a melhor maneira de fazê-lo.


Tipos de penico/vaso sanitário


As duas opções básicas de penico são:

  • penico autônomo tamanho pequeno com uma tigela que pode ser esvaziada na privada

  • assento do tamanho de uma criança que pode ser colocado em cima do assento do vaso sanitário, para que seu filho se sinta mais seguro e não tenha medo de cair

Se você escolher o assento do vaso sanitário modificado, considere adquirir um banquinho para que seu filho possa alcançar o assento confortavelmente e se sentir estável e apoiado enquanto defeca e/ou urina. Esta autonomia é importante para o seu desenvolvimento psicológico, também. Fazer suas necessidades sem precisar que você vá com ele ao banheiro todas as vezes, o fará se sentir um campeão!


Normalmente, é melhor que os meninos aprendam primeiro a usar o banheiro sentados, antes de aprender a fazer xixi em pé. Para os meninos que se sentem constrangidos - ou assustados - em ficar de pé em um banquinho para fazer xixi no banheiro, uma cadeira pode ser uma melhor opção.


Compre um penico ou assento de treinamento para cada banheiro da casa. Você pode até manter um penico no porta-malas do seu carro para emergências. Ao viajar longas distâncias, certifique-se de ele tente usar o penico a cada 1 a 2 horas.


Fraldas de Treino: sim ou não?


Alguns especialistas discordam sobre o uso das fraldas de treino, pois podem ser percebidas pelas crianças como fraldas maiores e podem usá-las como fraldas, retardando assim o processo de ensinamento.


Outros acham que calças de treino são úteis entre as fraldas e a roupa íntima comum. Como o controle noturno da bexiga, são boas para usar à noite. Outros preferem que seus filhos usem quando estão fora de casa. Uma vez que permaneçam secas por alguns dias, as crianças poderão passar a usar roupas íntimas comuns.


Pergunte ao seu médico se seu filho se beneficiaria com o uso de fraldas de treino descartáveis ​​como uma etapa de transição.


Problemas comuns


É comum que uma criança que já foi ensinada a usar o banheiro tenha problemas para usar o penico durante períodos de estresse. Por exemplo, uma criança de 2 ou 3 anos lidando com um novo irmão pode regredir (retornar a um nível anterior de desenvolvimento).


Mas se seu filho foi treinado anteriormente para usar o penico e está tendo problemas, converse com seu médico apenas para estar seguro e descartar possibilidades como uma infecção.


Se seu filho tem 3 anos ou mais e ainda não foi treinado para usar o penico, converse com o médico, que pode ajudar a determinar o problema e oferecer conselhos para facilitar o processo.


Dicas para aprender a usar o banheiro


Mesmo antes de seu filho estar pronto para experimentar o penico, você já pode prepará-lo sobre o processo:

  • Use palavras para expressar o ato de usar o banheiro ("xixi", "cocô" e "penico").

  • Peça ao seu filho para avisar quando sua fralda estiver molhada ou suja.

  • Identifique comportamentos (de manera carinhosa pergunte: "Está fazendo xixi?" “está fazendo cocô?”) para que seu filho possa aprender a reconhecer o ato de fazer xixi e cocô.

Se você decidiu que seu filho está pronto para aprender a usar o penico, estas dicas podem ajudar:

  1. Reserve algum tempo para se dedicar ao processo de treinamento do penico.

  2. Não faça seu filho sentar no vaso sanitário contra a vontade dele.

  3. Mostre a seu filho como você se senta no banheiro e explique o que está fazendo (porque seu filho aprende observando você). Você também pode deixar seu filho sentado no assento do penico e assistir enquanto você (ou um irmão) usa o banheiro.

  4. Estabeleça uma rotina. Por exemplo, você pode começar a ensinar o banheiro fazendo com que seu filho se sente no penico depois de acordar com uma fralda seca, ou de 45 minutos a uma hora depois de beber muito líquido. Talvez ele(a) faça xixi só de observar. Coloque seu filho no penico apenas alguns minutos algumas vezes por dia e deixe-o levantar-se quando quiser.

  5. No ato de fazer cocô. As crianças geralmente dão dicas claras de que precisam usar o banheiro - seus rostos ficam vermelhos e elas podem grunhir ou se agachar. E muitas crianças são regulares quanto à hora do dia em que tendem a evacuar. Não a assuste. Calmamente, avise que vai levá-la ao vaso/penico, segure-a no colo, segurando pela perna e deixando o bumbum com espaço de folga, coloque-a no penico e espere seu tempo.

  6. Faça seu filho sentar no penico 15 a 30 minutos após as refeições para aproveitar a tendência natural do corpo de evacuar após comer (isso é chamado de reflexo gastro-cólica).

  7. Se ele(a) fizer cocô na fralda, remova o cocô da fralda e coloque-o no vaso sanitário dizendo “este é o lugar onde vai o cocô” ou algo parecido, para que seu filho entenda que não importa onde ele faça o cocô é na privada que o cocô vai acabar.

  8. Certifique-se de que todas as roupa estão preparadas para sair rapidamente do corpo, evite macacões e peças difíceis de desvestir. Roupas simples são essenciais nesta fase, as de elástico são as melhores! As crianças que estão aprendendo precisam ser capazes de se despir.

  9. Durante os dias quentes alguns pais deixam as crianças sem fralda durante o dia. Neste caso, tenha vários penicos pela casa e esteja preparado(a) identificar os sinais de que seu filho vai urinar ou defecar, para correr com o penico, se não quer ficar limpando o chão com frequência. Também, observe se seu(sua) filho(a) se sente bem com esta circunstância, pois ao contrário, melhor usar outro método.

  10. Quando seu filho estiver pronto para começar a fazer xixi em pé, pratique "tiro ao alvo". Alguns pais usam coisas como pedaços de cereais como uma espécie de alvo para seus filhos pequenos tentarem mirar.

  11. Ofereça a seu filho pequenas recompensas, como adesivos ou algo bacana toda vez que ele usar penico. Mantenha um gráfico para controlar os sucessos. Quando o seu filho parecer dominar o uso do banheiro, deixe que escolha algumas cuecas/calcinhas de criança grande para se sentir que está crescendo e ganhando com esse processo.

  12. Certifique-se de que todos os responsáveis ​​pelo seu filho - incluindo babás, avós e funcionários da creche ou escolinha - sigam a mesma rotina e usem os mesmos nomes para partes do corpo e ações no vaso sanitário. Deixe-os saber como você está lidando com o ensinamento e peça que usem as mesmas abordagens para que seu filho não fique confuso.

Acima de tudo, não deixe de elogiar todas as tentativas de usar o banheiro, mesmo as tentativas sem sucesso. Lembre-se que acidentes acontecem.


É muito importante: não criticar, nem demonstrar decepção, muito menos punir as crianças que estão aprendendo a usar o penico ou vaso sanitário quando se molham ou sujam a cama ou a si mesmas. Em vez disso, diga a seu filho que foi um acidente e ofereça seu apoio.


Tranquilize seu filho que ele está prestes a usar o penico e que isto é parte do processo, pois vai chegar um dia que ele fará no penico, sem problemas.


Agora, se você ainda está indeciso(a) sobre quando começar o processo de ensino ou treinamento do banheiro, deixe seu filho ser seu guia. Não se sinta pressionado(a) por outras pessoas (seus pais, sogros, amigos, irmãos, colegas de trabalho, etc.) para começar. Muitos pais das gerações passadas começaram a treinar o penico muito mais tarde do que muitos pais fazem hoje. E tudo depende da criança. As crianças meio que “avisarão” ou sinalizarão aos pais quando estiverem prontos.


Se tem uma história ou comentário de como educar as crianças a usar o banheiro, escreva nos comentários para ajudar a outras pessoas que podem estar passando pelo mesmo processo.


63 visualizações

Visite-nos e conheça nosso trabalho em serviço social e educação infantil de perto!

 

CASA DA EDITINHA

Rua Nossa Senhora dos Anjos, 711/717 - Chacára Mafalda - São Paulo - SP

Tel. 2674 1348 - E-mail: contato@casadaeditinha.org.br

Logo Casa da Editinha
  • Facebook - Casa da Editinha
  • Instagram - Casa da Editinha